imagem: Jia Lu, Illuminated

"EM CADA CORAÇÃO HÁ UMA JANELA PARA OUTROS CORAÇÕES.ELES NÃO ESTÃO SEPARADOS,COMO DOIS CORPOS;MAS,ASSIM COMO DUAS LÂMPADAS QUE NÃO ESTÃO JUNTAS,SUA LUZ SE UNE NUM SÓ FEIXE."

(Jalaluddin Rumi)

A MULHER DESPERTADA PARA SUA DEUSA INTERIOR,CAMINHA SERENAMENTE ENTRE A DOR E AS VERDADES DA ALMA,CONSCIENTE DA META ESTABELECIDA E DA PLENITUDE A SER ALCANÇADA.

BLOG COM MEUS POEMAS:

http://desombrasedeluzanna-paim.blogspot.com/



terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

DIÁLOGO COM MEU DEMÔNIO INTERIOR

.


Você é corajoso por me perguntar neste tom insolente quem sou eu.
Pois bem,lhe direi sem mais rodeios:
-
Eu sou a mão por tráz da lâmina
Sou a escuridão por tráz do abismo
Sou a venda nos olhos da coragem
Sou aquele que o diabo mais teme.

-Se você é a mão por tráz da lâmina,eu serei a lâmina por tráz da sua mão.
A escuridão no abismo?Não a temo,pois também sou parte dela.
A venda nos olhos da coragem?
Minha coragem não precisa de olhos,apenas de mãos hábeis,as quais saibam usar espadas mais afiadas do que sua arrogância.
Você diz ser o homem que o diabo mais teme,
Isso porque ele ainda não me conheceu...

ALICE PAIM DE ARAUJO

Esta é a minha filhotinha já se iniciando no caminho das Musas;tem muito mais poemas dela que depois postarei aqui

Um comentário:

Draco disse...

Muito, muito bom! Digno de palmas! Eu não teria descrito um demônio interior melhor! Adoro poesia!