imagem: Jia Lu, Illuminated

"EM CADA CORAÇÃO HÁ UMA JANELA PARA OUTROS CORAÇÕES.ELES NÃO ESTÃO SEPARADOS,COMO DOIS CORPOS;MAS,ASSIM COMO DUAS LÂMPADAS QUE NÃO ESTÃO JUNTAS,SUA LUZ SE UNE NUM SÓ FEIXE."

(Jalaluddin Rumi)

A MULHER DESPERTADA PARA SUA DEUSA INTERIOR,CAMINHA SERENAMENTE ENTRE A DOR E AS VERDADES DA ALMA,CONSCIENTE DA META ESTABELECIDA E DA PLENITUDE A SER ALCANÇADA.

BLOG COM MEUS POEMAS:

http://desombrasedeluzanna-paim.blogspot.com/



quinta-feira, 21 de maio de 2009

AS ALMAS DA TERRA

.


(...)A possibilidade da existência das fadas como seres fisicamente reais foi retirada da memória humana como sendo um fato, mas para descobrir o elo perdido, as fadas surgem como personagens fundamentais e, no decorrer da história de todas as civilizações humanas que passaram pelo planeta, fizeram e continuam fazendo parte ativa e incondicional.

(...)Depois de tantas recusas e rejeições por parte das autoridades manipuladoras dos sistemas de crenças dos seres da Terra, hoje a maior parte das pessoas já percebe que de uma forma ou de outra, existem vidas em paralelo à matéria física que conhecemos como realidade e que, todas essas vidas visíveis ou não, são partículas de energias e inteligências que aglomeradas em camadas, iniciam a jornada de vida na Terra atraídas pelo reflexo da luz em seu éter sagrado, gerando assim condições de vida múltiplas no planeta.

Tendo ou não uma explicação científica para a vida orgânica inteligente, as vidas dimensionais orgânicas e inorgânicas estão sendo cada vez mais sentidas pelas pessoas, como algo que contem uma força invisível inexplicada que se manifesta espiritualmente. Os mais convencionais e racionais mesmo sem poderem explicar essas manifestações astrais, já conseguem senti-las como forças reais em muitas situações em suas próprias vidas e mesmo sem explicações cientificas, aceitam o fato de que o mundo invisível também existe.

São poucos os que ainda insistem em acreditar que somos únicos no Universo e que o Criador é limitado a uma crença, uma imagem, um nome e a uma idéia fixa religiosa que vai contra todas as outras idéias.

O único ponto comum entre as religiões do mundo em relação à obra da criação é o ponto não praticado por nenhuma delas, que apresenta "Um Deus" onipotente e incondicional que tudo ama. Porém esse amor se torna impraticável e irreal para o restante da humanidade.

(...)Vibrações, energias, freqüências, inteligências, elementos vitais, cores, formas, movimentos e espíritos, tudo captando e gerando diversas forças magnéticas inorgânicas e orgânicas, transformando-as em componentes independentes e vivos, capazes de formatar a matéria física inteligente a partir de si.

A Terra é um ser vivo inteligente com consciência e alma própria, tem uma força magnética que, quando iluminada pela luz, se manifesta em vidas físicas e metafísicas multidimensionais, com freqüências existenciais variadas em escalas vibratórias e posições dimensionais que vão desde os organismos microscópios simples e chegam ao mais elevado nível de consciência, o divino, onde a Terra foi criada.

(...) Fada é parte da Terra. A Terra enquanto planeta é entendida pelas inteligências cósmicas como sendo uma energia vivente altamente atrativa, fascinante e repleta de possibilidades desconhecidas e inexploradas. Para o Cosmos, a Terra carrega em si a inteligência divina criadora e isso faz dela um planeta diferenciado dos demais. A Terra é a manifestação do divino no campo da matéria.



As fadas são a representação do perfeito e o perfeito muitas vezes não é reconhecido pela mente racional, como sendo algo possível, mas ao olhar para a decorada asa de uma borboleta, ou para as belas penas de um pavão, entendemos o que é a arte no aperfeiçoamento da obra perfeita.
Foram as fadas que fizeram as flores belas e perfumadas, as borboletas coloridas, os beija-flores e pássaros alados e elas passeiam sendo esses seres quando sentem esse desejo. Muitas vezes ao sentir o aroma de uma flor do campo e agradecer pela dádiva, sentimos o sorriso de felicidade das fadas ao perceberem nossa gratidão.

São muitos os que no mundo moderno já aceitam as figuras dos gnomos, duendes e elementais da natureza, como sendo energias verdadeiras porém, em diferentes dimensões e por isso difíceis de serem compreendidos como figuras físicas reais.
Algumas pessoas afirmam ter visto e tido contato em diferentes tempos, com seres encantados em florestas distantes e também em outros níveis astrais. Os seres alados das matas são mais fáceis de serem captados pela mente como energias vivas e por isso são mais frequentemente vistos por seres comuns.

Mas, quanto às fadas, essas são difíceis de serem vistas por seres despreparados emocionalmente. Os que reconhecem sua existência, podem nunca tê-las visto. Fadas não são gnomos e nem formas elementais, as fadas são as rainhas dos seres alados, são as coordenadoras da natureza e da vida original do planeta e não se expõem ou se envolvem com a vida na terceira dimensão, a não ser que ordenadas pelo Criador. Acima das fadas da Terra, só seu Criador.

(...)Ninguém melhor que as fadas para transmitir amor e harmonia para todos. Quando assumem uma forma física natural, as fadas vibram feminino e se formam delicadas, translúcidas e singelas, porém fortes e sábias.

Fadas são seres alados quando estão na dimensão existencial alada. São seres divinos quando estão na freqüência existencial do divino e são seres vivos quando estão na dimensão da matéria viva da Terra. As fadas dizem que os campos alado e divino, ficam acima da quinta dimensão, mas que entre a matéria sólida e os elementos vitais que formam a matéria da Terra, existem diversas ligações e canais que sobem para as dimensões mais elevadas. Quando as fadas entram na vida física, elas assumem a forma de pássaros, flores, borboletas, gatos, raposas, esquilos. As formas dependem da tarefa que as fadas estejam realizando. Quando em tarefas divinas na matéria, elas assumem a forma de mulheres humanas.

(...)Praticamente ninguém sabe ao certo se as fadas existem. E quem acredita nesta possibilidade, é chamado de doido pelos que se dizem mais inteligentes.

(...)Uma vez que as fadas nunca se revelaram diante de nenhum líder humano religioso ou político, para eles, as fadas são fictícias e por isso nunca foram incluídas no histórico do planeta.
Tendo ou não suas identidades reconhecidas pelas pessoas, as fadas continuam sendo a representação viva da alma da Terra. Para as fadas, a vida na terceira dimensão é apenas mais um estágio existencial do planeta de que elas cuidam e preservam.
Fada é a inteligência viva da Terra e suas almas são as partículas dessa inteligência que protege o planeta.

É mais fácil achar uma fada vivendo como mulher, feliz numa simples cabana na floresta disfarçada de camponesa especializada em ervas medicinais, ou de uma velha anciã que tudo sabe e tudo vê, do que vê-las flutuando com asas pela floresta. Mesmo como mulher, uma fada jamais será vista trabalhando arduamente em um escritório no centro de uma grande cidade ou expondo-se como soberana a outro ser. As fadas por serem incondicionais, são os seres vivos mais humildes que existem.

É mais provável vê-las voando como borboletas por entre as flores nas florestas naturais do planeta, que encontrá-las cobiçando alguma riqueza material. As fadas são o que querem ser, porque quando são, são por inteiro. A facilidade que elas têm em circular por entre as camadas dimensionais do planeta, as faz intocáveis.


http://holosgaia.blogspot.com/2009/05/o-livro-das-fadas.html

Um comentário:

Gaia Lil disse...

Interessante a nossa sincronia,havia a pouco,escrito algo sobre fadas.

Abraços carinhosos